Mostra Cinema e História: Filmes de Guerra no SESC Pato Branco

Com a Mostra Cinema e História o Sesc Pato Branco chega a 9ª edição do projeto de Mostras Temáticas 2010. Cumprindo o objetivo de difusão de cinematografias de qualidade, que estão à margem dos circuitos comerciais, proporcionando espaço para o novo, para experimentações, para a formação de platéia e para outras possibilidades de se construir e vivenciar a narrativa audiovisual.

Veja cartazes, trailers e sinopses dos filmes na seqüencia do post.

 

15/12, 20hrs – Filme: A Guerra do Fogo ( La Guerre du Feu, França e Canadá, dir.: Jean-Jacques Annaud, 1981, 97 min.)

A Guerra do Fogo conta a saga de uma tribo e seu lí­der, Naoh, que tenta recuperar o precioso fogo recém-descoberto e já roubado. Através dos pântanos e da neve, Naoh encontra três outras tribos, cada uma em um estágio diferente de evolução, caminhando para a atual civilização em que vivemos. Os sons e a linguagem embrionária do filme são criações do escritor Anthony Burgess, o mesmo de Laranja Mecânica. Mistura de ficção cientí­fica e aventura, o filme é uma perfeita reconstituição da pré-história, tendo como eixo a descoberta do fogo. Fantástico e visionário, o filme é uma aula de história e cinema.

16/12, 20hrs – Filme: A França ( La France , França, dir.: Serze Bozon, 2007, 102 min.)

No outono de 1917, a guerra prossegue. A milhas de distância do campo de batalha, a jovem Camille recebe uma carta do front, na qual seu marido informa a decisão do término do casamento. Desnorteada, Camille decide se disfarçar de homem para encontrá-lo. Ela corta caminho pelos campos para evitar as autoridades. Numa floresta, passa por um pequeno grupo de soldados, que não suspei- ta de sua identidade. Ela os segue e embarca numa nova vida, descobrindo o que nunca poderia imaginar, o que seu marido nunca lhe contou e o que seus novos companheiros irão evitar lhe mostrar: a verdadeira França.

17/12, 20hrs – Filme: Underground – mentiras de guerra (Underground, Iugoslávia e França, dir.: Emir Kusturica, 1995, 170 min.)

Belgrado, 1941. Marko, um ativista comunista permite que seu amigo Blacky ingresse no Partido. Porém, os alemães invadem a Iugoslávia e os dois amigos passam a dividir seu tempo entre a Resistência e o lucrativo contrabando. Eles também dividem as atenções da bela Natalja, uma atriz que um oficial nazista “protege”. Durante o conflito, Marko consegue aprisionar Blacky e seu clã no porão de uma casa em Belgrado. Assim ele teria Natalja só para si. Em 1945, ele omite das pessoas que habitam o porão (fabricando armas para a Resistência) o fato de que o país tinha sido libertado. Ele segue explorando-os durante décadas, em benefício próprio. Mas um dia, os escravos deixam o porão e encontram seu país devastado por uma guerra civil.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: